sábado, 22 de maio de 2010

É bom estar de volta! - Treinamento Membros Superiores – 22.05.2010


Sabadão, acordei por volta das 08:00 horas, estava me sentindo bem melhor, fui acometido nos últimos dias por uma virose que ataca as amídalas, razão pela qual tive que enfrentar 10 dias de antibióticos e antiinflamatórios. A medicação expirou ontem e hoje eu acordei pilhado. Queria fazer alguma coisa. Minha avó viajou para o Rio e o tradicional almoço em família de todos os sábados não ocorreu. Meu primo Dig me ligou por volta de 11:30 pedindo para fazermos alguma coisa em conjunto, por exemplo assistir a final da Champions League. Tentei falar com a FLAmília Prado, mas não rolou, todos estavam fora da área, e mesmo Dig acabou desaparecendo. O Espoleta foi comigo ao RPG e posso dizer que a sessão não foi das mais calmas. Por volta das 16:00 horas, logo depois que a Inter de Milão se sagrou campeã, a Gang do Remo ligou, estavam reunidos no Cabeça de Boi. Fui até lá com o pequeno espoleta, dei apenas um abraço na galera. Embora meu espírito seja boêmio, hoje não era dia de sentar em uma mesa de bar, estava com muita energia e ansiedade acumulada. A piscina estava gelada e a água não convidou... restava a academia do prédio.
Eu tenho esses repentes, e se não for naquele momento, talvez não seja mais. Foi assim quando comecei meus treinos (e este blog) em junho de 2009, foi assim quando tentei retomar as atividades em plena quarta feira de cinzas em 2010, e assim foi hoje.
Sábado à noite, festinha rolando no espaço gourmet do prédio e eu sozinho na academia escutando o DJ Roberto da Rádio Cidade e tentando gastar um pouco de energia. Apanhei um pouco das anilhas e halteres, afinal alguns não tinham a indicação de quanto pesavam.
Abaixo vai o treino, não foi dos melhores mas espero que desta vez haja uma maior regularidade. Amanhã vou nadar, quero fazer uns 1000 metros.
VAMOS TRANSFORMAR ESSA GORDURA EM MÚSCULOS!

MEMBROS SUPERIORES:

PEITORAL
Errei ao colocar as cargas e o treino de peitoral ficou comprometido, ao aumentar da série de 12 para a série de 10 errei e ferrei com o exercício.
Exercício Repetição Carga Intervalo
Supino Halteres 12 10kg 1'
Supino Halteres 10 18kg 1'
Supino Halteres 8 18kg 1'
Supino Halteres 6 18kg 1'
Supino Halteres 12 14kg 0
Crucifixo Halteres 12 10kg 2'

OMBROS
Apanhei dos halteres sem marcação.
Exercício Repetição Carga Intervalo
Desenvolvimento 12 3kg - halteres 1'
Desenvolvimento 10 4kg -Halter com Anilhas 1'
Desenvolvimento 8 5kg - Halter com Anilhas 1'
Desenvolvimento 6 7kg - Halter com Anilhas 1'
Desenvolvimento 12 5kg - Halter com Anilhas 0
Elevação Lateral 12 4kg - halteres 2'

COSTAS
Aqui eu estava "sobrando", normalmente chego ao treino de costas muito cansado por ter malhado muito pesado peitoral e ombros, como fiz com cargas leves... o treino foi um passeio.
Exercício Repetição Carga Intervalo
Puxada Aberta Frontal 12 30kg 1'
Puxada Aberta Frontal 10 33kg 1'
Puxada Aberta Frontal 8 40kg 1'
Puxada Aberta Frontal 6 47kg 1'
Puxada Aberta Frontal 12 40kg 0
Puxada Fechada Frontal 12 36,5kg 2'

TRÍCEPS
Exercício Repetição Carga Intervalo
Halteres 3kg 1'
Halteres 4kg 1'
Halteres 5kg 1'
Halteres 7kg 1'
Halteres 5kg 0
Francês/Halter 12 7kg 2'

BÍCEPS
Exercício Repetição Carga Intervalo
Rosca Halteres 12 4kg 1'
Rosca Halteres 10 5kg 1'
Rosca Halteres 8 7kg 1'
Rosca Halteres 6 10kg 1'
Rosca Halteres 12 7kg 0
Rosca Alternada/Martelo 12 5kg

quarta-feira, 5 de maio de 2010

O Platô ou o Início...


Sempre que buscamos escrever sobre assuntos genéricos, estamos nos escondendo. Eu sei disso porque estou me escondendo neste momento. Estou atolado na areia, na minha cabeça só vem o termo estancado. Estou sentindo que o meu projeto está preso à uma âncora, da qual não consigo desvencilhá-lo.

O projeto de emagrecimento e mudança passa por algumas etapas, as quais já tratei aqui exaustivamente, mas nunca em uma única postagem, então vamos à elas:
1. Mudança de Mentalidade.
2. Mudança de Hábitos.
2.1. Aquisição de Hábitos Alimentares Saudáveis
2.2. Aquisição de Rotina de Exercícios ou Esporte.
3. Perseverança nos objetivos.
4. Manutenção de suas Conquistas.

Em primeiro lugar vamos aos Objetivos e Planejamento, que estão incluídos no primeiro item, mudança de mentalidade. Os objetivos e planejamento devem ser claros, ter metas possíveis de se realizar. O indivíduo deve modificar sua agenda, seu trabalho e seu descanso. Planejar atividades, refeições, exercícios e momentos de relaxamento.

Em segundo lugar vem colocar as idéias em prática. Passar a realmente fazer 3, 4, 5 ou 6 refeições (dependendo do plano alimentar escolhido). Começar a atividade, seja ela uma leve caminhada ou escalar o Pico da Bandeira. Pesar-se regularmente e evitar exageros na sua alimentação. O sujeito deve manter o inimigo afastado, sejam eles doces, bebidas alcoólicas ou gordura (aquela picanha se encaixa aqui).

O terceiro momento se mostra o mais difícil. A perseverança. Muitos são aqueles que conseguem perder 10, 20 ou 30 kilos, numa arrancada inicial mas poucos são os que conseguem atingir o peso pretendido. O indivíduo deve manter-se no seu objetivo, focado, e seguir sempre em frente, mesmo que ocorra um tropeção ou outro no meio do caminho.

A manutenção ao fim da jornada é essencial, de nada terá valido o seu esforço se ao atingir o peso ideal você passar a fazer “comemorações”.

Meus erros e tropeços ao longo da minha jornada estão escritos aqui no Blog. Eu não consegui trilhar nem 10% da minha jornada. O meu esforço se mostrou inadequado, todavia acredito que o erro se deu no nascedouro, planejei mal minhas atividades e minha alimentação. Aliás, eu jamais consegui manter a atividade em alto nível ao mesmo tempo em que tive a alimentação controlada.

Nenhum dos dois objetivos poderia ficar “frouxo”. Este é o motivo pelo qual atingimos o PLATÔ. O gordo fica farto de todo o esforço feito para mudar e relaxa. Relaxa na alimentação, relaxa na malhação, deixa de planejar atividades que o aproximem de hábitos saudáveis e passa a retomar a rotina da qual fugiu. Quando vê, o sujeito está aceitando aquele pedaço de bolo na festa de aniversário e colocando açúcar no cafezinho, afinal não vê motivos para se afastar dos “prazeres da mesa”. E aí tudo vira uma bola de neve, os hábitos saudáveis não são mais sua prioridade e o sujeito volta para o início.

E o sentimento é de que o sujeito está sendo punido, tal como fora Sísifo. Por toda a eternidade Sísifo foi condenado pelos Deuses Gregos a rolar uma grande pedra de mármore com suas mãos até o cume de uma montanha, sendo que toda vez que ele estava quase alcançando o topo, a pedra rolava novamente montanha abaixo até o ponto de partida por meio de uma força irresistível.