sexta-feira, 25 de setembro de 2009

De volta a campo

O gordo está de volta!
Desculpe o atraso, a semana que passou foi uma correria.
Nos últimos dias eu tive várias idéias para fazer posts, cheguei até rabiscar algumas parcas linhas, mas não tive tempo de concluir as idéias e postar.
Os assuntos que eu iria abordar seriam a malhação, o fato de o regime começar no Supermercado, o apoio da família no projeto de emagrecimento, a “Semana Nacional de Conciliação” promovida pelo Poder Judiciário e Conselho Nacional de Justiça e combate à endemias como a Dengue.
...
Começamos com malhação e dieta que é o tema deste blog.
Como eu já abordei por diversas vezes, a minha opção foi por um emagrecimento em longo prazo com ganho de massa muscular que desencadearia uma aceleração do metabolismo e a queima de gordura.
Tenho muita facilidade para emagrecer (e ainda mais para engordar), principalmente aqueles primeiros 10 kilos.
Então tenho me sentido meio frustrado neste início de projeto.
A idéia é ganhar massa muscular, uma vez que o corpo gasta energia para manter os músculos e não gasta energia nenhuma para manter o tecido adiposo adquirido.
Assim, na teoria, quanto mais músculos eu tiver, maior vai ser a minha taxa metabólica e conseqüentemente maior a perda de gordura.
Mas paciência tem limite.
E a minha já acabou há muito tempo!
Em primeiro lugar, a necessidade de malhar 6 dias na semana.
O fato da minha academia não funcionar aos sábados, o que diminui um dia de queima de gorduras, aumenta a ociosidade e a ansiedade.
Acontece que em algumas semanas eu não consigo malhar nem mesmo os 5 dias.
No dia que eu faço as Sessões de Fisoteriapia/RPG para tratar a minha lesão lombar eu não posso fazer atividade física.
Assim, nas semanas em que eu não consigo fazer o RPG no sábado (que é o dia que a Academia não abre) eu acabo comparecendo apenas 4 vezes na academia.
Em segundo lugar, a dieta!
Ah! A DIETA!!!
Quisera eu ter mais disposição para fazer as 6 refeições por dia.
Não tenho conseguido, tenho feito a média de 5 ou 4 refeições diárias.
E assim, tenho consumido duas refeições ao mesmo tempo, acabo comendo a mais no almoço ou no jantar por não ter conseguido fazer o lanche ou tomar o café da manhã (coisa de gordo).
Esse problema já foi identificado e corrigido nesta semana, eu passei a fazer as refeições menores e dar sempre duas horas entre as porções, mas ainda não consegui fazer as 6 refeições.
Continuando a abordar o problema da dieta, dois são os fatores que nos ajudam a seguir no projeto de emagrecimento.
O primeiro é não ter guloseimas à mão para a hora que bate o “momento glutão”, e também não ter alimentos excessivamente calóricos, sejam doces ou gordurosos.
Assim, as escolhas feitas nas gôndolas do supermercado são essenciais e vão definir o quanto você irá se distanciar de seus objetivos quando ocorrerem as escapadas.
Alimentos desnatados, azeite extravirgem, queijos magros, peito de frango, peixe, carnes magras, cereais e alimentos integrais vão se mostrar melhores opções do que hambúrguer, maionese, nuggets e lasanha de microondas.
O segundo fator é o apoio da família.
Afinal, quando você está estafado e faminto após chegar da academia, ouvir a pergunta “E ai o que você sugere para o jantar!”, obviamente vai ter a resposta “Sei lá, um filé a parmeggiana coberto com queijo e acompanhado por fritas!”.
A família deve incentivar o projeto de emagrecimento e ajudar a cobrar resultados, seja pelo estímulo nos dias em que estamos com aquela preguiça de ir malhar ou quando estamos propícios a furar a dieta.
...
Agora passamos a abordar a “Semana Nacional de Conciliação”.
Jurisdição é o ato de “Dizer o Direito”, e no Brasil tal ato está reservado ao Estado, através do Poder Judiciário, também chamado de Estado Juiz.
O Direito de Petição e a Inafastabilidade da Jurisdição estão intimamente ligados, e para os leigos em Direito quer dizer que qualquer pessoa tem direito de provocar o Estado Juiz para dele obter uma resposta e que as lesões ao direito devem ser obrigatoriamente analisadas e combatidas pelo Estado Juiz.
Antropologicamente falando, quando as sociedades eram menos organizadas, imperavam a auto-tutela, a auto-composição e os mecanismos inerentes à ela.
A auto-tulela é o meio pelo qual os indivíduos fazem a “sua” justiça, podendo praticá-la pela “lei do mais forte”.
Com a evolução da sociedade e a Tripartição de Poderes, após uma aventurança pela Arbitrariedade, a Jurisdição passou a ser exercida pelo Poder Judiciário.
O Direito Brasileiro limita a auto-tutela a poucos eventos, dentre eles a legítima defesa e a atos necessários à manutenção de posse nos conflitos agrários.
Todavia, a auto-composição continuou a ser aceita, embora limitada pelos chamados Direitos Indisponíveis.
O Poder Judiciário parece estar reconhecendo a sua falência e promoveu a “Semana Nacional de Conciliação” demonstrando claramente que não é capaz de dizer o direito no caso concreto, ou seja, não é capaz de JURISDICIONAR.
Reconhece sua falência através de campanhas que mostram a morosidade e ineficiência de suas decisões, mostrando um homem envelhecendo sem que seu “problema” tenha sido resolvido.
Sem dúvida há um grande sucesso! Inegavelmente após uma campanha que demonstra a falência do Judiciário e expõe a sua morosidade, as partes estarão mais inclinadas a fazer acordos.
...
Por último devo apontar a vontade dos Governantes em solucionar problemas.
E não estou falando de interesses escusos ou econômicos.
Oswaldo Cruz somente conseguiu promover o controle da Febre Amarela no Rio de Janeiro nos idos de 1900 porque o Chefe do Executivo da época perdeu um filho em decorrência da Endemia.
Sorriso foi no ano passado uma cidade sem dengue.
Com o uso de um produto chamado BT-horus e a contratação de vários agentes para o combate à essa endemia, a Administração anterior erradicou os casos de Dengue da Cidade.
Todavia, quando mudamos o comando político da cidade o ditado “não se mexe em time que está ganhando” não é aplicado.
Não estou falando da manutenção dos grupos políticos e sim da manutenção das Políticas Públicas com resultado.
Hoje a Prefeitura passa as Camionetes equipadas com “Fumacê”, tentando matar os mosquitos, enquanto a Administração Anterior focou o combate às larvas.
Os resultados são obviamente mais eficientes atacando os criadouros com a colocação do pó que extermina as larvas.
Hoje os maiores criadouros são os bueiros, sifões e bocas de lobo.
...
Nestes últimos dias tive que enfrentar a “semana de conciliação”, faltas na academia em decorrência da dengue (seguida de internação hospitalar) da minha esposa e o excesso de guloseimas da geladeira.
E devo dizer que ficar de babá do Espoleta durante 7 dias não é facil.
This is Sparta!
E segue o jogo.

sábado, 12 de setembro de 2009

Avaliação Física 11.09.2009

As observações dizem respeito à avaliação inicial em junho/2009

Altura 176 cm (só a natação nos deixa mais altos)
Peso 133,6 kg (-1,6kg)
Peitoral - 131 cm (-4,5 cm)
Barriga - 130 cm (-6cm)
Quadril - 120 cm (-3cm)
Coxa 69 cm (d/e) (+ 3 cm)
Panturrilha 46 cm (d/e) (+2 cm)
Antebraço - 34e/d (+4cm)
Braço - 41d/e (ganhei dois centímetro no direito e um no esquerdo)
Pescoço - 44cm (-3cm)

...

Se eu gostasse de música sertaneja provavelmente eu ilustraria este post com uma versão de Chalana, mas ao invés disso vai um Barco a Vapor daqueles que povoavam o Rio Mississipi/EUA.

É o sentimento que eu tive ao me pesar.

A evolução de medidas está satisfatória mas o peso não tem acompanhado as minhas espectativas.
Parece que eu estou "passeando nos remansos do rio Paraguai".

Enquanto eu tento descobrir o sexo dos anjos e decifrar o motivo pelo qual tenho malhado e não tenho conseguido baixar o peso, devo dizer que as minhas sessões de musculação tem sido bem divertidas.

Aumentei a carga dos exercícios nesta semana.

Minha vontade era aumentar novamente, tamanha foi a facilidade com que me adaptei aos novos pesos, mas o medo de sofrer uma lesão tem me mantido calmo.

Vou aguardar 15 dias para modificar as cargas novamente.

Enquanto isso o negócio é diminuir a ingestão de gordura e pães, uma vez que não tenho extrapolado no volume.

"Big Wheel keep on Turning, Proud Mary keep on Burning"

...



quarta-feira, 9 de setembro de 2009

"Always look on the bright side of Life!"


Brasileiro adora feriadões.
É uma tradição esse excesso de feriados e datas comemorativas que acabam trazendo vários fins de semana prolongados ao nosso calendário.
Eu sei, foi 7 de setembro, Dia da Independência do Brasil!
E como pagamos caro à Inglaterra pela nossa liberdade, temos o direito de comemorar bastante.
Mas aí temos o dia 12 de outubro (Padroeira do Brasil), 2 de novembro (finados), 15 de novembro (República), 8 de dezembro (dia da Justiça), 25 de dezembro (Natal)... isso só até chegar o ano novo (que também é feriado).
Das datas acima citadas, apenas o feriado de 15 de novembro vai cair durante o fim de semana.
Todos os outros vão ser FERIADÕES!
É absolutamente espetacular, serão 12 fins de semana prolongados no ano de 2009!
Isso sem contar o carnaval e a semana santa, que juntamente com as férias escolares são sempre um motivo para curtir o puro e doce ócio!
Assim, já que não adianta chorar o prejuízo, faça as suas malas e viaje bastante!
Curta um fim de semana prolongado em uma cidade turística, pescando ou no litoral!
Também pode chegar de surpresa na casa dos parentes que moram longe.
A opção é sua!
....
Mudando de assunto, eu havia programado uma viajem para o último fim de semana.
Eu iria visitar minha mãe.
Mas um sobrinho fez uma festa de 17 anos em um "buffet" e minha esposa fez questão de ficar.
Não entendi bem, a festa comemorada não é o 15 anos de meninas, o chamado "debute"?
Deixa para lá, o cara é gente fina e ele curtiu muito com a namorada e os amigos.
Assim, passei o feriadão em casa.
Por sorte um grande amigo veio visitar a família e passamos um fim de semana "daqueles"!
Fiz como o gênio da lâmpada, entrei na garrafa na sexta feira e saí no domingo.
Com direito à coreografia de troglodita dançando "Na Manteiga" dentro de piscina infantil.
Mas dentre mortos e feridos salvaram-se todos.
....
Quanto à malhação... ela vai bem, obrigado.
Ontem malhei pernas com a carga total e foi um passeio.
Assim como o treino de membros superiores está na hora de aumentar a carga.
Marcamos o aumento dos pesos de membros superiores para hoje e de membros inferiores para sexta-feira.
Amanhã eu faço o treino aeróbico.
Por falar na perversa balança, hoje nós também temos um encontro.
...
Para os que não lembram da "Na Manteiga", vai um vídeo que eu achei no Youtube.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Uma noite Cuiabana na Cidade Gaúcha mais ao Norte do Brasil!

A brincadeira com o título tem relação com a colonização da cidade em que eu moro hoje.
É estranho se sentir um estrangeiro dentro de seu próprio Estado.
Sorriso no Mato Grosso foi colonizada por imigrantes do Sul, em sua maioria Gaúchos.
Assim, os hábitos e a culinária pouco tem à ver com o Estado de Mato Grosso.
A começar pela economia.
Capital Mundial da Soja e de Plantadores de Grãos, vai na contra-mão da economia "pantaneira" baseada na criação de Gado, Pesca e Artesanato.
Cultivam ainda o hábito de comer pães, embutidos (morcilha, salame, mortadela, salsichas, etc) e queijos amarelos e tomar Vinho Colonial.
E no calorão de 40 graus de todos os dias não largam a cuia de chimarrão.
O povo chega a ficar "vermelho" de tanto calor!
Mas aos poucos isso vai mudando, o pessoal mais novo já conhece o Tereré (bebida pantaneira tomada na cuia com bomba, mas feita com água gelada), alguns viraram adeptos do Guaraná Ralado e inseriram Peixe e Carne em seu cotidiano, conheceram o Bolo de Arroz e o Bolo de Queijo.
Mas deixando um pouco de lado a luta entre o Rasqueado e o Vaneirão, vamos à festa do aniversário de Dona Encrenca.
A família da minha esposa é de imigrantes gaúchos, e estes sempre me pediram para comer uma "Maria Isabel".
Comida típica de Cuiabá, capital do Estado, a "Maria Isabel" é prima distante do Arroz Carreteiro.
Há mais ou menos 15 dias ela vem pedindo que eu fizesse uma "noite cuiabana" no dia do seu aniversário.
Comemoramos na última Sexta Feira.
Finalmente eu acertei a receita da Farofa de Banana.
Parece que não, mas dá um trabalhão.
Cozinhar para 30 pessoas não é fácil (quando tem boca livre sempre aparece mais um parente).
Brincadeiras à parte, resolvemos fazer uma reunião mais fechada este ano.
E uma outra diferença veio à tona.
Enquanto a minha família é em grande maioria de homens, a família de minha esposa é de mulheres. Em proporções inversas de 1/3.
E como todos sabem, 20 homens comem muito mais do que 10.
Sobrou muita coisa.
Devíamos ter feito a conta melhor.
Para cozinhar o "Feijão Empamonado e a Maria Isabel" eu precisei ficar na função de Mestre Cuca na quinta e na sexta-feira (as receitas eu publiquei no CyberCook).
Com a benção de São Benedito e do Senhor Divino a comida saiu muito boa e acompanhadas por uma Original "Bem Geláda" posso dizer que fiquei satisfeito com o resultado.
A mulherada esqueceu do regime e malhação repetiu o prato!
Dona Encrenca está com um sorriso de orelha a orelha até agora.
...
Em razão da empreitada na cozinha da última semana, fiquei sem tempo para postar.
Semana passada eu deveria ter malhado os membros inferiores com mais afinco, mas eu decidi pegar leve para não "travar a coluna" e não poder cozinhar.
Assim, malhei pesado os membros superiores e diminui a carga dos membros inferiores em 15%. A dieta na beira do fogão também ficou comprometida, afinal ninguém resiste à uma bananinha frita!
Mas o peso na consciencia foi suficiente para que eu pegasse leve no fim de semana.
Afinal, como bem disse DJ Jawzy "Apenas um dia livre na semana!"
Em relação ao slogan do blog "transformar essa gordura em músculos", acho que estou no caminho certo.
Mas percebi que a estrada vai ser mais longa que o esperado!
Um grande abraço e boa semana a todos!
...
PS: As fotos foram tiradas quando eu repus a comida nas vasilhas.