quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Andarilho

Fui até a academia na sexta, e para minha surpresa... estão em férias "coletivas" natalinas.
Assim, estou para completar 30 dias sem malhar.
Mas não estou parado.
Passei os últimos dias como andarilho.
Meu filho adora passear, andando.
Todas as vezes que vamos à algum lugar, ele pede para ir ou voltar caminhando.
No último sábado, resolvi fazer a vontade do Espoleta.
Saímos por volta das 9 da manhã e chegamos à casa da minha sogra (que não estava), por volta das 10 horas.
Voltamos para casa para almoçar e no período da tarde fomos novamente visitá-la.
Domingão e o garoto quiz ir almoçar na casa da Avó à pé.
Após o almoço, lá pelas 15 horas, partimos para onde ele quizesse.
Assim, rodamos a cidade.
Fomos ao Centro, à Sorveteria, ao Shopping e à Praça da Juventude (tudo à pé).
Na segunda ele estava cansado.
Na Terça-Feira, ontem, fiz minha sessão de RPG na parte da manhã.
No final da tarde seguimos para a casa da minha sogra e voltamos à pé.
Após 40 minutos de caminhada em ritmo suave (estou acompanhando uma criança de 3 anos e meio), começo a sentir a coluna.
Mas com o descanso apropriado, acho que vou conseguir acompanhá-lo por mais alguns dias.
...
Gostaria de desejar a todos Boas Festas.
Um Feliz Natal, com a paz de Nosso Senhor.
Feliz Ano Novo!

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Apressado come Crú!

Como o último post pôde resumir... eu estava empolgadaço com o desempenho na academia.
Todavia, o preço a pagar por tamanha empolgação não tardaria.
....
Quem acompanha minha trajetória já deve estar cansado de escutar minhas lamúrias decorrentes da lesão lombar que eu tenho na coluna.

São 4 hérnias de disco, cuja protusão e rompimento comprometeram 6 meses de minha vida quando estava com 24 anos.
Voltei a andar após 2 meses e retomei as atividades cotidianas após 6 meses de molho.
Muita fisioterapia, hidroperapia, sessões de RPG e antiflamatórios corticóides.
Meu tratamento foi clínico e fui orientado à não fazer intervenção cirúrgica pelo meu médico.

Bom, como eu venho realizando sessões regulares de Fisioterapia-RPG, apesar de sentir algumas pontadas ou dores quando faço o que não devo, estava afastado de crises agudas.
Iniciei minhas atividades físicas com muito cuidado, escolhi a modalidade MUSCULAÇÃO por ser atividade de baixo impacto e por ter sentido dores em outras atividades como caminhada, hidroginástica e natação.

Tudo ia bem... até que somei alguns fatores que, isoladamente não causariam uma crise lombar.
Me empolguei na musculação, como já havia me empolgado em outras oportunidades.
Mas passei por um problema pessoal, uma tensão muito grande envolvendo minhas aspirações profissionais e minha carreira como jurista, o que me levou a descontar a tensão na malhação.

...

Na segunda quinzena de Novembro, na sexta-feira seguinte à última postagem, que acredito ter sido o dia 20 de Novembro, realizei a última sessão de musculação.
Havia trabalhado membros superiores na quarta-feira dia 18 e tudo corria bem, mas como sempre frisei, o trabalho de membros inferiores demanda muito cuidado.
Já cheguei tenso à academia, fiz os treinos para panturrilhas, pernas e abdomem sem maiores problemas.
Como sempre, em um Deja-vú, dormi bem... mas acordei travado, uma vértebra (provavelmente a L4) rodou e comprimiu o disco intervertebral L4/L5.
Entre o sábado 21 e a quinta-feira 26, eu fiz 4 sessões de fisioterapia-RPG até que a dor fosse interrompida e a vértebra fosse colocada no lugar.
Vida que segue e a minha fisioterapeuta me pediu para retomar as atividades cotidianas com parcimônia e que somente voltasse a malhar em 10 dias.

Assim, suspendi minhas atividades físicas.

...

Mas nem tudo é problema, e chororô é coisa de Botafoguense!
Após cumprir com meus compromissos profissionais, fui convocado pelo meu time do coração a comparecer ao Maracanã.
Eu estava organizando para que os amigos fossem ao Rio de Janeiro há mais de um mês, mas poucos estavam tão confiantes quanto eu.
Terça feira 1º/12 e o telefone toca... estava voltando de mais uma sessão de RPG, estava tudo bem, sem tensão profissional ou excessos na academia, desta vez era DJ que havia se empolgado, estava comprando ingressos para o jogo do Hexa e queria saber se eu queria também.
Fui consultar Dona Encrenca que deu o OK, eu poderia ir!
Naquela mesma noite fui atrás de passagens, o preço havia subido mas dava para encarar.
Meu irmão apareceu no MSN e disse: "E ai, vai no Jogo?"
Respondi prontamente: "Vou, estou com a tela para comprar as passagens aberta... quer que eu compre a sua?"
Após alguns instantes ele respondeu: "Mamãe tem muitos pontos e pode comprar os pacotes para nós!"
Melhor que isso... só dois disso pensei: "ir para o Rio, de graça e ainda ver o Mengão Campeão! vai ser absolutamente D+!"
Mais tarde, por volta da meia noite minha mãe me manda um email: Havia retirado as passagens para que as noras fossem também (se algum dia minha esposa reclamar da minha mãe, vai dar confusão!).
Só tinha um problema... Embarcavamos dentro de 32 horas.
Pedi que minha esposa arrumasse nossas coisas e do espoleta durante a madrugada.
No dia seguinte voltei o escritório, verifiquei se não haveria pendencias e voltei para casa.
Coloquei a família no carro e fui para Jaciara (+-650km).
Lá, deixamos meu filho com minha mãe.
No dia seguinte acordamos cedo e seguimos para Cuiabá, o Vôo saía 11 da manhã e o Check in tinha que ser feito antes das 10 horas.

...

Chegamos ao Rio por volta das 16 horas.
Sol, praias cheias, o visual da orla de Copacabana e Ipanema!
Delirio total.

O telefone tocou e tivemos a triste notícia que os ingressos do cambista haviam esgotado, e o taxista nos disse que o ingresso para o jogo estava custando por volta de R$ 400!
Liguei para meu primo que foi atrás também! Nada.
O plano era simples, tomamos um Chopp hoje e amanhã vamos atrás do ingresso!

Deixamos as malas no apartamento e fomos caminhar no calçadão! Um pôr do sol inigualável!
No caminho, um chopp no Garota de Ipanema.
Depois de uma caminhada, pausa no quiosque para outra reidratada.
Na volta, ficamos no Garota.
Muitos chopps e o papo em dia com meu Tio Toninho.

Na sexta acordamos cedo e fomos para a Gávea conhecer a loja Fla-Concept, inaugurada pela Olimpikus poucos dias antes.
Na entrada os cambistas estavam oferecendo ingressos à 700 paus!
Chegamos à um consenso: "por esse preço eu assisto pela televisão e curto o Rio nesta semana!"

A Fla-Concept é maravilhosa, 1000m2 de produtos do Flamengo.
Lotada de turistas e ainda faltavam 2 dias para o jogo.
Depois de Tirar fotos com a taça do Mundial Interclubes de 81, entramos na Gávea e fomos até a Fla-Boutique, loja que fica no interior do Clube.
Todos os produtos do patrocinador anterior em promoção, tinha camisa oficial da Nike por R$29!
Lá encontrei a minha camisa XXL, ou como eles preferem chamar: 3G!
Na Fla-Concept estava em falta.
Voltamos e minha tia que mora a poucos metros do nosso Apartamento nos convidou para almoçar.
Família reunida e a notícia: O porteiro conhece um cara, que conhece um cara, que conhece um cara que tem os ingressos à R$ 200!
Tudo bem, mas o preço Oficial nas bilheterias era de R$ 30!
Mas quem tá na chuva é para se molhar!
Fechado!
Após um Bobó de Camarão de primeira linha, partimos para outros programas.
No sábado chegou o resto da Família, Tio Chico e Dig Dig, que ficaram hospedados no Leme.
Contaram que o Avião que saiu de Cuiabá e fez conexão em Brasília estava lotado de Flamenguistas, que o Aeroporto Santos Dumont estava pintado de vermelho e preto.
Fato: Ipanema não estava assim, mas Copacabana (lugar de turista) estava pintada nas cores do Mengão - Eu nunca tinha visto tanta camisa do Flamengo junta!
Fomos ao Sindicato do Chopp no Leme e curtimos a praia maravilhosa.
Mas depois não deu mais praia, choveu muito!
Assim, o programa era visitar as inúmeras galerias que existem em Ipanema e no Leblon, levar dona Encrenca para conhecer o Hard Rock Rio e o Barra Shopping (maior shopping da América Latina).
Não preciso nem dizer que ela adorou o programa.
...
"Domingo, eu vou ao Maracanã!
Vou torcer pro time que sou fã!
Vou levar foquetes e bandeiras, não vai ser de brincadeira, ele vai ser Campeão!
Não quero cadeiras numeradas, vou sentar na arquibancada pra sentir mais Emoção!
Porque meu time, bota pra Ferver e o nome dele são vocês que vão Dizer.. Ôooo!
Ô, ooÔ oÔ, ooÔ oÔ, ooÔ MENGÔ!"


Tudo certo?
Não... a Suderj abriu o Maracanã duas horas antes e o cara dos ingressos não apareceu!
Meu Tio 35 anos de praia mandou: "vamos para o Maracanã, na hora a gente arruma, eu sempre entrei nas decisões assim!"
Pegamos o Ônibus 433 e fomos até o Metrô de Copacabana!
Ao entrarmos na Estação encontramos de cara Tição e Cegonha - cuiabanada reunida!
Haviam mais de 300 flamenguistas na fila para comprar o ticket quando entraram dois gaúchos com camisas do Grêmio.
Calma, não aconteceu nada além da torcida do FLA inusitadamente cantar "Grêmio, Grêmio!".
Os caras estavam com a Faixa "Fla Campeão Brasileiro 2009" por cima da camisa azul.
Não preciso nem dizer que viraram atração turística e tiraram mais fotos do que a MADONA!
Chegamos ao Maracanã pela Rampa da UERJ, lugar que normalmente entra a torcida do Vasco/Fluminense e Botafogo.
De cara encontrei meu primo Fernando!
O cara avisou: "Não vá para a estátua do Bellini, tem muita confusão"
Mas inadvertidamente seguimos para o local de reunião da torcida do Fla.
Acredito que naquela hora haviam mais de 40 mil torcedores do Flamengo no entorno do Estádio.
Cegonha e Tição estavam com ingressos para cadeiras brancas e seguiram para a respectiva entrada.
A Cuiabanada estava toda no estádio!
Por onde eu passava ouvia gritos e acenos "Gordo!", Encontrei mais de 15 cuiabanos, JP saiu da fila e veio me Abraçar!
Ao chegarmos na entrada do Bellini o clima estava tenso.
A cavalaria à postos e um boato de que havia acontecido um confronto entre a Torcida Jovem do Flamengo e a Organizada do Botafogo, cujo saldo eram 2 torcedores mortos e 1 policial em estado grave.
O CONFRONTO
E estavamos lá, Eu, meu irmão e meu Tio quando aconteceu o confronto.
A Torcida Jovem chegou do Metrô, furou a fila e pulou as catracas!
Foi o estopim!
Tudo aconteceu a menos de 20 metros de onde estávamos.
Corre Corre.
20 mil pessoas correndo fazem o chão tremer!
Corremos por uns 30 metros para trás de uma árvore e rezamos para não sermos pisoteados, um torcedor caiu aos meus pés e ficou para trás.
A Cavalaria da Policia partiu para cima da Torcida distribuindo bordoadas.
A Jovem respondeu com bombas caseiras.
Aí a polícia passou a disparar balas de borracha, spray de pimenta e bombas de gás lacrimogêneo.
Sete bombas de Gás cairam no nosso entorno, uma delas a pouco mais de 3 metros dos nossos pés (quase que eu apertei o botão para jogar a bomba de volta - Call of Duty - PS3).
Alguns vão se lembrar da cena em que Tom Hanks, no resgate do Soldado Ryan, fica pasmo e é retirado por seus comandados da linha de frente para não morrer, assim eu me senti, parecia que eu não estava ali.
Quando a torcida estava mais dispersada eu obriguei meu Tio e meu Irmão a sair da linha de frente.
Com o rosto ardendo pelo Gás Lacrimogêneo, atravessamos o canal que fica em frente ao Maracanã na hora certa.
Mais 1000 integrantes da Jovem haviam acabado de chegar do Metrô cantando: "A Jovem vai chegar e o Pau vai Quebrar!".
A Polícia saiu da frente e eles entraram no Maracanã pulando as catracas.
Aí a confusão ficou generalizada.
Ingresso... para quê? mais de 2 mil tentaram pular as catracas!
Estavamos há mais de 200 metros de onde começou a confusão quando a tensão começou a diminiur.
Quando o perigo iminente passou, senti a minha coluna travada!
Não estava com dor ainda, mas ela não tardaria.
Ainda faltava uma hora para o início da partida e eu teria que enfrentar 2 hora de jogo em pé!
Definitivamente o meu sonho de ver o Flamengo Campeão Brasileiro dentro do Maracanã havia chegado ao fim!
Mas o meu irmão e meu tio ainda tinham um fio de esperança.
E digo, se eu não tivessa a limitação física... eu ficaria!
Pedi para que eles me acompanhassem até a entrada do Metrô.
No caminho passou um táxi, era a minha deixa.
Dei um grande abraço e disse aos dois: "Mengão Hexa!"
Cheguei de volta ao Apartamento em Ipanema e Liguei a Televisão, o time estava entrando em campo!
Meu tio me ligou... Ele e meu irmão haviam conseguido entrar por R$100!
Estava tão tenso com a confusão do Maraca que não me lembro do Jogo.
Só me lembro de ter entoado o Coro dos milhares que assitiram pela televisão: "É HEXA!"
Quando acabou o jogo, fomos para o Outback do Leblon.
NÃO HAVIA OUTRA ROUPA, HOMENS, MULHERES E CRIANÇAS - VESTIU RUBRO NEGRO NÃO TEM PRA NINGUÉM!
Peguei uma mesa grande onde comemoramos com a galera que havia ido ao Maraca.
A minha tensão só diminuiu quando terminei uma "criança" de 600ml.
Logo chegaram meu irmão e meu chará que levou a namorada no Jogo.
Meu irmão me disse que meu tio resumiu a confusão com a seguinte frase: "Valeu como experiência!" (Ele só não assistiu ao título de 82 porque o jogo foi em Porto Alegre).
...

A segunda-feira se iniciou e uma bela semana no Rio se seguiu, não deu praia, mas pudemos passear várias vezes pelo calçadão, conhecer vários barzinhos e fazer um passeio que meu avô sempre cobrou.
O Centro do Rio de Janeiro.
O Rio foi a Capital do Brasil durante parte da fase Brasil Colônia, durante todo o Império, e seguiu Capital do Brasil República até 1960, tem monumentos e é repleta de História e Conhecimento.
Fomos ao Largo da Carioca, conhecemos a Catedral Católica, a Escola Politécnica onde meu Avô se formou Engenheiro, e o local mais belo que eu já havia conhecido: O Real Gabinete Portuguez de Leitura (isso mesmo Português com Z).
Após, um café na Centenária Confeitaria Colombo.

É... "O Rio não é só praia"
...
O retorno foi tranquilo, e fora a minha cunhada que esqueceu a carteira de documentos no Táxi que nos levou ao Aeroporto, correu tudo bem.
Voltando à realidade, cheguei em casa e o escritório pedia medidas urgentes.
A sessão de RPG teve que aguardar até a ultima Terça-Feira.
Coluna no lugar e tudo tranquilo.
Fiz repouso e hoje vou retomar a malhação (tá bom... eu aprendi, vou devagar).
Logo eu atualizo.
Um abraço a todos.