terça-feira, 9 de junho de 2009

Histórico, dietas bem sucedidas!

No tempo em que acumulei essa pança, várias foram as soluções mágicas e outras opções tentadas, através de médicos e nutricionistas.
A classificação tem relação com o prazo segundo o qual mantive o peso. Estas modalidades não apresentam o efeito sanfona que todos estamos acostumados, segundo o qual após perder o peso pretendido começamos a engordar imediatamente.
Por duas eu nutro um grande carinho, pois mantive o peso perdido por um longo período.

A que durou mais tempo foi também a última intervenção, com a colocação de UM BALÃO dentro do Estômago.
Dentre as opções interventivas é a mais suave.
Você insere um balão vazio por meio de uma Endoscopia e no seu interior é colocada uma solução com azul de metileno.
Resultado, em 10 minutos e sem pós operatório, seu estômago é diminuido e você passa a ficar saciado com uma ingestão menor de calorias.
Tive um ótimo resultado.
Perdi 17kg em pouco mais de dois meses e mantive o peso por dois anos.
Você fica com o balão dentro do estômago de 4 a 6 meses (dependendo da aceitação do Balão).
No meu caso foram 6 meses, não tive sequelas e o tratamento foi ótimo.
Me reeduquei e passei a me alimentar melhor, fracionadamente e em pequenas porções.
O sedentarismo aliado à ingestão de alimentos calóricos é o grande vilão da história.
Após 2 anos, comecei a ganhar peso novamente.
Segundo o Dr. Carlos Eduardo Miranda de Barros, da Gastrocentro (065-3321-5318 - Cuiabá/MT), após um descanso e avaliação do estômago é possivel colocar outro balão, ou seja, eu poderia seguir perdendo peso colocando um balão por 6 meses e ficando 2 meses em observação para nova intervenção.
Esta seria uma ótima solução para a obesidade, todavia, infelizmente, a colocação do Balão Gástrico ainda não tem o tratamento coberto pelos planos de saúde.
A grande vantagem dessa modalidade de Intervenção Gástrica é o menor risco e a possibilidade de reversão.
Como eu disse, não há pós operatório, somente uma alimentação líquida nos primeiros 4 dias após a colocação do balão.

A outra opção é o programa Body for Life.
É um programa alimentar aliado à um programa específico de malhação, com duração de 3 meses, cujo resultado eu mantive por um ano e meio.
No programa eu perdi 12 kg e perdi 13 centímetros de cintura.
Passei de calças 48 para 42 em 3 meses e as camisas passaram de GG para M.
Não fiquei "rasgado", mas perdi muita barriga e mudou meu corpo, com ganho de musculatura nos braços e pernas.
O problema é que a dedicação na academia e alimentação tomam muito tempo.
Você deve programar os exercícios e malhação e executar com uma determinação imensa.
O programa de malhação também é uma PEDREIRA, uma vez que o programa busca a fadiga total da musculatura trabalhada.

Abraço.

3 comentários:

  1. DIÉTA PARA GORDO É COMER BASTANTE PARA QUEIMAR GORDURAS.
    Se voçe é gordo como eu, (147 kG - IMC = 47)não faça regime pois não funciona para gordo e glutão como eu e sedentário. Fiz varios regimes e por fim fiquei estressado e acabo abandonando o regime, recupero o peso, ganho mais cinco quilos de vantagewm e mais dois furos na cinta. Enfim GORDO DE NOVO !
    Tomei uma decisão, parti para um novo hábto alimentar, meu nivel basais de dosagem de glicose estava elevado, colesterol e triglicerídios níveis normais. Íniciei na primeira semana ZERO DE CARBOIDRATO desprezando a contagem de colorias. Meu café dejejum: café preto com adoçante ZERO Cal, (sem leite pois o mesmo contém carboidratos) bacon, salame, defumados e ovos frito ou cosidos a vontade, almoço e janta carnes: bovina; (picanha, granito ou costela bem gorda), carne suina ou aves e peixes estes alimentos contém ZERO de carboidrato. da segunda semana em diente adicionei no meu novo hábto alimentar no MÁXIMO 25 GRAMAS DE CARBOIDRATOS DIÁRIOS, mantenho até hoje (4 meses)bebidas e sucos somente ZERO Cal.e restrição total de bebidas alcoolicas sucos e frutas astas são riquissimas em carboidratos.
    Vegetais com baixissimo teor em carboidratos: pepino e repolho (cosido)menos de 1 % de carboidratos, tomate, cenoura, alfaçe, agrião,
    rucula, couve, rabanete, azeitonas, chicória estes menos de 4 % de carboidratos, cebola, chuchu, brocolis menos de 10 % de cabrboidrato estes salimentos denominei de ALIMENTOS AMIGOS porque eles gasta mais energia para seu metabolismo do que produz e podemos comer a vontade porque quanto mais comer mais gordura vai ser mobilizada para seu metabolismo. QUEIJOS, MANTEIGAS, CREME DE LEITE,LEITE, AZEITE DE OLIVA ETÇ, pode ser adicionada na alimentação desde que respeite as 25 gramas de carbodratos. A restrição é de CARBOIDRATO e não de CALORIAS.
    COMENTÁRIOS: Neste 4 meses reduzi 21 Kg meu nivel de glicose normalizou, aumentou minha perpesctiva de vida, melhorou a autoestima e me sinto bem melhor e mais leve, mudou meu hábto alimentar, estou comendo naturalmente menos quantidade de alimentos, não apreciava verduras, hoje são alimentos amigos, passei aprecia-los de varias maneiras e temperado a gosto. lembre-se esta não é uma diéta e sim um novo HÁBTO ALIMENTAR, onde voçe vai habtuar-se a olhar as Informações Nutricionais contidas nas rotulagem dos alimentos industrializados. Ficarei contente, se puder ajudar alguem que esteja na mesma situação minha - Meu Muito Obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pela visita e pelo comentário.
    Eu vivo o mesmo drama que o seu...
    Espero que desta vez eu consiga mudar o meu corpo e voltar a viver.
    As preocupações e restrições causadas pela obesidade tem interferido na minha vida, no meu trabalho e nos meus momentos de lazer com meu filho e minha esposa.
    Gostei das suas dicas, mas desta vez eu vou até o fim do programa!
    Vamos Tranformar essa Gordura em Músculo!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Ola amigos sofro do mesmo mal que vcs,ja fiz varias dietas,tomei varios remedios e com alguns deles atr comsegui perder 22 quilos,nas hoje recuperei e engordei mais atualmente peso 130 quilos nao tenho orgulho mas sou fraca nao consigo conter a vopntade desesperada de comer e depois fico com a conciencia pesada com uma culpa enorme as vezes tenho vontade de comer muito e depois induzir vomito,alias ate isso ja fiz mas sou tao ruim que nem induzir o vomito eu consigo,agora estou desesperada tentendo a cirurgia,mas fico barrada nos valores ja que o sus nao cobre e nao tenho plano mas ainda assim vou guardar o dinheiro e vou fazer a cirurgia.

    ResponderExcluir